segunda-feira, 29 de janeiro de 2007

Picture of the day

Continuam os confrontos diários no Iraque.

3 comentários:

Bruno Vieira disse...

Já era altura dos Estados Unidos entregarem o Iraque aos Iraquianos. Se não for desta forma, os americanos e seus aliados jamais se livrarão do terrorismo. Apesar dos atentados quase diários no Iraque muitas vezes não têm a ver apenas com a situação do país, mas com a política externa norte-americana em geral, nomeadamente a cobertura e o apoio que prestam a Israel, por exemplo. Os actos terroristas no Iraque e não só, são represálias contra os interesses dos Estados Unidos no mundo que por tabela acabam por nos afectar a todos nós seus aliados, como o provam os atentados de Madrid, Londres e Bali, para não falar de outros. Como é que governos de países livres e civilizados como o nosso seguem Bush tipo carneiros? Um tipo que foi eleito presidente da maior potência do mundo de forma fraudulenta?

Ricardo S disse...

Bush foi "eleito" pelo Supremo Tribunal de Justiça, depois de Al Gore ter tido mais votos...
Mas a verdade é que os eleitores tiveram a oportunidade de escolher outro (nesse caso o outro candidato era John Kerry) mas não o fizeram. O problema é que "paga o justo pelo pecador".
Quanto aos "carneiros", há um que fugiu para Bruxelas e ainda ninguúem lhe exigiu satisfações... Ces't la vie!

Bruno Vieira disse...

Não contesto as últimas eleições porque, de facto, Kerry não conseguiu converter em votos a vantagem que lhe atribuiam as sondagens. Mas a questão não é essa. Bush jamais deveria ter sido eleito presidente após as eleições de 2000! E se assim tivesse sido dificilmente estaria a disputar as presidenciais de 2004. A eleição do presidente pelo STJ não esconde todo um processo fraudulento que conduziu Bush à Casa Branca. Foi um golpe sujo perpretado com a ajuda do seu irmão Jeb Bush (Governador da Florida). Acho que nem vale a pena sequer falar da contagem dos votos no estado da Florida!!!