terça-feira, 14 de setembro de 2010

A vergonha

Já disse e escrevi tanto sobre o futebol português, que me limitarei a poucas linhas:


1. Depois de ter prejudicado o Benfica na Luz, Cosme Machado foi almoçar com Laurentino Dias - que nada disse nem fez contra o Apito Dourado - e um dirigente do FC Porto à Mealhada, à vista de todos e sem medo de serem reconhecidos. Coincidência?

2. Depois de ter feito frente ao Porto, no caso Kléber, o Marítimo foi roubado por Cosme Machado. Coincidência?

3. Dias antes de roubar o Benfica em Guimarães, Olarápio Benquerença (de Leiria) e seu staff foi homenageado pela Associação de Futebol do Porto (na foto), precisamente no mesmo dia do funeral de Torres, ao qual vários clubes enviaram representantes, enquanto a Liga de Clubes, a FPF e o Porto não enviaram ninguém. Coincidência?

4. Enquanto o Benfica foi prejudicado, Porto e Sporting foram beneficiados. Todos os erros cometidos nos jogos dos três grandes foram sempre para o mesmo lado. Coincidência?

Como já escrevi várias vezes, errar é humano mas errar sempre para o mesmo lado é crime. E isto sucede com a cumplicidade do poder político e da imprensa, muita dela controlada e manipulada (ninguém tem coragem de denunciar as ameaças de que os jornalistas são alvo, nomeadamente aqueles que andaram a acusar o governo de pressionar os media e de atentar o estado de direito? onde andam esses jornalistas paladinos da liberdade?), sobretudo os órgãos de comunicação social do grupo Controlinvest, empresa de um conhecido sócio do FC Porto, e a RTP, suposto órgão de serviço público. É altura de dizer basta, como o fez ontem o Benfica, de dar um murro na mesa e acabar com esta chulice e vergonha nacional. Se não querem o Benfica, então que o Benfica saia, provisoriamente, das competições nacionais e então, aí sim, veremos como sobrevivem sem o Benfica (como aconteceu com o basquetebol). Para já vamos ver como os clubes não grandes sobrevivem sem as assistências frente ao Benfica (os preços dos bilhetes, nos últimos anos, são pornográficos). Podem achar que é tudo coincidência, mas acreditar nisto é como acreditar no Pai Natal: só acredita quem quer.

Termino com uma pergunta: esta gente (sobretudo árbitros, porque os outros já mostraram não ter escrúpulos nem ética nem vergonha) consegue estar com a família depois de uma arbitragem como estas? Esta gente consegue estar com os amigos e falaram com eles sem corarem, sem terem um pingo de vergonha na cara? Esta gente consegue dormir de noite (se calhar consegue, na companhia de chocolates e fruta...)? Esta gente consegue ir para o trabalho e olhar para o patrão e para os colegas sem baixarem a cabeça?


Nota: sem erros, o Benfica seria líder e estaria com 4 pontos de vantagem sobre Porto e Braga. Depois dizem que o Benfica joga mal, que a culpa é do Roberto e que Jesus tem falhado. Pois, assim, também o Barcelona desceria de divisão e o Ericeirense seria campeão nacional.

3 comentários:

Graza disse...

O processo do Apito deu no que deu, mas ninguém duvida que por detrás do que aconteceu nas gravações ouvidas nos vídeos Youtube que por aí circularam, algo de muito grave aconteceu nas arbitragens. O que é preciso acautelar é que nada do que aconteceu volte a ser possível, e percebo que é isso que o Benfica tenta acautelar. Os vícios advêm das repetições de coisas boas, e há neste mundo do futebol gente muito mal habituada.

picanochao disse...

EH EH EH... DÓI-VOS, PORQUE SOIS MOUROS... ISSO DE PÔR A CULPA NOS JUÍZES, É COISA ANTIGA... TODOS OS CLUBES PORTUGUESES TÊM ESSAS QUEIXAS... AGORA O QUE VOÇÊS TÊM QUE SE CONVENCER, É QUE ISSO DO BENFICA SER O MAIOR ACABOU, E AINDA BEM... E A PROVA É QUE O ANO PASSADO O BENFICA FOI CAMPEÃO COM JOGADAS DE BASTIDORES... ESTE ANO É A DOER... E EM QUE LUGAR É QUE VOÇÊS ESTÃO? NÃO PERCEBI... DÉCIMO QUANTOS? APROVEITO PARA DIZER QUE DEMOCRACIA, NÃO É COMPATÍVEL COM CENSURA... E O SR. NO SEU BLOG TEM CENSURA... OU SEJA SÓ COMENTA QUEM O SR. MUITO BEM ENTENDER, Á BOA MANEIRA DO SALAZAR... VOU AGUARDAR A VER SE TEM CORAGEM PARA DEIXAR IR ESTE COMENTARIO...

Ricardo Sardo disse...

A mim dói-me ver um país que nada faz para combater a corrupção, seja no futebol, na política ou na economia. Claro que para os anti-benfiquistas o Benfica só vence na secretaria, com ajudas, quando ficou claro aos olhos de quem quiser ver que, apesar de jogar bem, se tentou evitar a vitória do Benfica, sendo os jogos de Braga ou a final da Taça da Liga exemplos disso (e muitos mais haveria a elencar).
Quanto à censura que invoca, sinceramente não entendo onde foi buscar essa... Se ainda tivesse recusado algum comentário seu, ainda de compreendia, mas como isso não sucedeu... Sinceramente não entendo. Não se terá enganado no blogue?...
Cumprimentos.